RECUPERAÇÃO JUDICIAL

SUA EMPRESA ESTÁ EM DIFICULDADES ECONÔMICAS?

Temos a solução para a Recuperação Judicial de sua empresa.

Recuperação Judicial e a Recuperação Extrajudicial de empresas (antiga concordata)

Elas se aplicam a partir do momento em que todas as possibilidades de renegociar dívidas com os credores se esgotaram. A partir desse momento o empresário já deve procurar por uma assessoria especializada em recuperação Judicial para buscar informações confiáveis e seguras viabilizando a superação da crise econômica financeira da empresa, permitindo a manutenção da produção, empregados, e dos interesses dos credores, preservando a empresa, sua função social e sua atividade econômica.

Quando se pensa em pedir a recuperação judicial a primeira iniciativa do empresário é procurar um advogado especializado em recuperação judicial, o que é um grande erro, pois o primeiro passo a ser tomado é fazer o Estudo de Viabilidade Econômica da Empresa para a Recuperação Judicial – Sem ter esse estudo em mãos o advogado não sabe dizer se existe viabilidade em pedir ou não a recuperação judicial. Resumindo, você procura primeiro o advogado, que irá terceirizar o serviço para outros profissionais, e tudo que é terceirizado fica mais caro para você.

Associação Brasileira do Consumidor conta com Equipe de Peritos Contábeis especializados em recuperação judicial. Esse Estudo de Viabilidade Econômica da Empresa  é a peça chave para a toma de toda e qualquer decisão.

Agende uma Consulta com a nossa equipe.

Como Funciona a Recuperação Judicial?

Na prática é um favor legal, concedido ao empresário em crise econômico financeira, que visa à recuperação da empresa. É o procedimento que visa à reestruturação da empresa em crise econômico-financeira, consistindo em um favor legal (artigos 7º e seguintes, da Lei 11.101/2005).

Ficou com Dúvidas, agende uma consulta com nossos Peritos.
Fones: (11)3101-9727 / 3101-9728
E-mail: atendimento@ongabc.org.br

Recuperação Judicial da OGX de Eike Baptista – A OGX de Eike  Baptista é um exemplo clássico do que muitas empresas fazem atualmente.  Enquanto a empresa está com dificuldades financeiras junto a bancos e fornecedores, pede-se a recuperação judicial da mesma, porém antes de pedir a recuperação judicial o empresário já abriu uma outra empresa e nome de outros sócios e continua operando no mercado.

  • Viabilizar a superação da crise econômico-financeira do empresário devedor, a fim de permitir a manutenção da fonte produtora, do emprego e dos interesses dos credores, promovendo a preservação da empresa, sua função social e o estímulo à atividade econômica.
  • Apenas o empresário individual e as sociedades empresárias podem pedir e obter recuperação judicial. Associações, fundações, pessoas físicas (não empresárias), etc, não se submetem a lei 11.101/05, mas a execução contra devedor solvente ou insolvente.
  • Dá ao devedor a chance de alcançar o maior numero possível de credores, apresentando um plano de recuperação, que efetivamente possa ser cumprido;
  • Elasticidade de prazos sobre débitos;
  • Equalização de encargos financeiros;
  • Aporte de capital;
  • Evita a falência;
  • Ampliação da oportunidade de mantença dos postos de trabalho;
  • O controle fica com o judiciário (juiz da recuperação) é nomeado administrador pelo juiz;
  • É formado um Comitê de Credores e uma Assembleia Geral de Credores;
  • Tem intervenção direta do Ministério Público, como fiscal da Lei;
  • È mais onerosa que a Recuperação Extrajudicial;
  • O Dono da Empresa é mero espectador, não tendo palavra de comando;
  • Todas as tomadas de decisão passam pelo Administrador Judicial, depois, pelo Comitê, assembleia de credores e por fim vão ao Ministério Público e ao Juiz da Recuperação, para assim serrem realizadas.

Vou Procurar um Advogado Especializado em Recuperação Judicial – O nome Recuperação Judicial leva o empresário a automaticamente procurar um advogado especializado em recuperação judicial para cuidar do problema, e isso é um grande erro, já que o Advogado somente terá a resposta se a recuperação judicial é viável ou não apenas após contratar um perito contábil que fará toda a análise financeira da empresa, bem como o plano de recuperação financeira. Entenda você irá procurar um especialista em recuperação judicial que irá terceirizar um serviço contratando um perito contábil especializado em recuperação judicial, e tudo que é terceirizado você já sabe, custa mais caro.

De posse do trabalho realizado pelo Perito Contábil, aí­ sim estará apto para procurar por um advogado especializado em recuperação judicial empresarial.

Consulte Profissionais Sérios

Dúvidas ? Fale com nossa Equipe:

(11)3101-9727 / (11)3101-9728
atendimento@ongabc.org.br

Faça uma consulta!


(11)97667-3268 / (11)94536-9108

Envie sua mensagem agora!

Campos marcados com * são requeridos

Suas informações são confidenciais.